fbpx

O que a Gratidão pode fazer por você

Gratidão! 

Muito comum esbarramos com essa palavra nas redes sociais.

Em 2017, #gratidão foi a segunda hashtag mais utilizada no Instagram, após um movimento iniciado por famosos e influencers. 

Mas do que realmente se trata a gratidão? Ser grato é somente dizer obrigado? Você se considera uma pessoa grata?

A palavra gratidão evoca humildade, significa reconhecer que temos motivos pelos quais agradecer, por pior que a situação pareça. Significa também reconhecer que não estamos sós, que as conquistas e as bênçãos em nossas devem ser compartilhadas, pois muitas pessoas fazem parte de nossas escolhas e caminhos. De acordo com uma pesquisa realizada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), ser grato implica justamente na consciência e reconhecimento da dependência.

Em tempos de competitividade exacerbada, individualismo, batalha de egos e uma necessidade de se mostrar autossuficiente, como se isso fosse o sinônimo de competência, onde dificilmente encontramos espaço para sermos ou nos mostrarmos vulneráveis, como trabalhar e exaltar o sentimento da gratidão?

O  natural do nosso cérebro é agir com pessimismo, pois somos evolutivamente treinados e focados em detectar perigos e ameaças, olhar as coisas com desconfiança. Enxergar o lado negativo das situações é automático, enquanto ter uma nova perspectiva, ser otimista, enxergar o que há de bom e positivo, mesmo em uma situação que parece terrível requer consciência, reflexão e mesmo um certo esforço de nossa parte. Mas uma perspectiva otimista e uma atitude de gratidão perante a vida nos deixa mais felizes tanto com nós mesmos quanto com as pessoas ao nosso redor e com as nossas vidas e circunstâncias. Então qual parece a melhor escolha?

Se você parar por um instante e avaliar tudo o que você tem, tudo o que você é, as pessoas queridas que estão à sua volta, todas as suas possibilidades, você consegue encontrar razões para ser grato? Você consegue reconhecer e agradecer pelas coisas boas? E como isso faz você se sentir?

Pesquisas realizadas nas mais diversas Universidades pelo mundo  mostram que a gratidão ativa o sistema de recompensa, o que significa que quanto mais a sentimos e praticamos, mais sentimos seus efeitos positivos em nosso corpo e mente e mais temos vontade de praticar. Sentir-se grato libera dopamina, um neurotransmissor indispensável pelo bom funcionamento do cérebro, e que nos traz a sensação de prazer, nos levando a praticar novamente o ato que originou a sensação. 

A gratidão também estimula a produção da serotonina, que auxilia na regulação do humor, do sono, do apetite, dentre outras. Ainda de acordo com os estudos científicos, a gratidão atua também na produção da ocitocina, conhecido como o hormônio do amor, que nos traz a sensação de segurança e bem-estar. 

Ser grato está relacionado ao aumento do colesterol bom, diminuição do colesterol ruim, maior sensação de felicidade e bem-estar e aumento na qualidade de vida. 

A relevância do tema se torna clara quando vemos os grandes pesquisadores, palestrantes, filósofos e escritores envolvidos em seu estudo, divulgação e promoção: Adam Smith, filósofo e economista; Martin Portner, neurologista e mestre em neurociência; David Steindl-Rast, monge beneditino e palestrante de um TED sobre o poder de ser grato e Brene Brown, autora, pesquisadora e palestrante, são alguns dos exemplos.

A gratidão cria e reforça vínculos, é benéfica  para as relações e para a sociedade como um todo,traz bem-estar e nos torna mais gentis e compassivos, para com os outros e para conosco, sentimentos essenciais. E podemos escolher exercitá-la, podemos escolher sermos genuinamente gratos.

Há várias formas de exercermos a gratidão, como por exemplo, separarmos coisas que já não usamos mais para a doação, reconhecendo tudo que temos e o que podemos fazer pelos outros. 

Outra prática interessante é anotar, todos os dias, pelo menos uma coisa positiva que aconteceu em seu dia, um motivo para ser grato. Quanto mais se exercita, mais motivos são encontrados e mais positivamente enxergamos a vida. Essa mudança de perspectiva nos faz mais felizes e satisfeitos.

A gratidão é um dos pilares ensinados e trabalhados nos cursos de 8 semanas de Mindfulness, nos auxiliando no gerenciamento do estresse e das nossas emoções e na escolha de termos mais presença e consciência em todas as áreas de nossa vida.

Conheça nossa agenda de cursos e observe os benefícios que a gratidão pode trazer para a sua vida.

 

O que a Gratidão pode fazer por você
Rolar para o topo
Scroll Up